domingo, 15 de maio de 2011

Efeitos da Corrente Elétrica - O Choque Elétrico

A passagem de corrente elétrica em condutores elétricos produz efeitos que dependem da natureza do condutor e da intensidade da corrente. Os principais efeitos são o efeito fisiológico, o efeito térmico ou efeito Joule, o efeito químico, o efeito magnético e o efeito luminoso.
O efeito fisiológico corresponde à passagem de corrente elétrica por organismos vivos. A corrente elétrica age diretamente no sistema nervoso, podendo provocar contrações musculares. Quando isso ocorre, dizemos que houve um choque elétrico. O que determina a gravidade do choque elétrico é a intensidade da corrente elétrica que circula pelo corpo e, também, o caminho percorrido pela corrente no corpo. O pior caso é aquele em que a corrente entra pela mão de uma pessoa e sai pela outra mão. Ao atravessar o tórax ela tem grande chance de afetar o coração e os pulmões. O valor mínimo da intensidade de corrente elétrica que se pode perceber é 1mA (um miliampère - 10-3A). Uma corrente de 10mA provoca perda do controle dos músculos e a pessoa não consegue livrar-se do contato. O valor mortal está compreendido entre 10mA e 3A, aproximadamente. Nessa faixa de valores e atravessando o tórax, ao atingir o coração paraliza-o impossibilitando-o de bombear o sangue pelo corpo. A vítima falece em poucos segundos.


Free Stock Photo of Lamp

O efeito térmico da corrente é também conhecido por efeito Joule. Consiste na transformação de parte da elétrica que está associada a uma corrente elétrica em energia térmica. Qualquer condutor sofre um aquecimento ao ser atravessado por uma corrente elétrica. Este efeito é útil  no caso dos aquecedores, dos fornos, dos chuveiros, secadores de cabelo, lâmpadas térmicas, etc. Nas linhas de transmissão de eletricidade a perda de energia por efeito Joule é prejuízo para as fornecedoras de energia elétrica.



O efeito químico da corrente elétrica está relacionado com as reações químicas denominadas eletrólise. Ocorrem quando soluções iônicas são atravessadas por corrente elétrica. O recobrimento de metais (niquelação, cromação, prateação, etc.) e as pilhas elétricas são exemplos de aplicação desse efeito.




O efeito magnético da corrente é manifestado pelo surgimento de um campo magnético em torno de uma corrente elétrica. A descoberta deste fenômeno deu origem ao Eletromagnetismo. Permite a construção de motores elétricos, transformadores elétricos , relés, etc.




À emissão de radiação visível, como nas lâmpadas fluorescentes e anúncios luminosos, damos o nome de efeito luminoso da corrente. É a transformação de energia elétrica em energia luminosa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica de Leitura - Vamos filosofar

A FILOSOFIA NA DESCOBERTA DE UM MANUSCRITO - Marcos Leite Filho de mineiros, da cidade de Ervália, o autor Marcos Leite (Marcos Eduar...