terça-feira, 10 de abril de 2012

Cruz e Souza

Siderações

Para as estrelas de cristais gelados
As ânsias e os desejos vão subindo,
Galgando azuis e siderais noivados
De nuvens brancas a amplidão vestindo...

Num cortejo de cânticos alados
Os arcanjos, as cítaras ferindo,
Passam, das vestes nos troféus prateados,
As asas de ouro finamente abrindo...

Dos etéreos turíbulos de neve
Claro incenso aromal, límpido e leve,
Ondas nevoentas de visões levanta...

E as ânsias e os desejos infinitos
Vão com os arcanjos formulando ritos
Da eternidade que nos astros canta...



Simbolismo no Brasil: clique aqui
O Simbolismo - Prof. Fernando Antônio de Araújo
Simbolismo em Portugal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica de Leitura - Vamos filosofar

A FILOSOFIA NA DESCOBERTA DE UM MANUSCRITO - Marcos Leite Filho de mineiros, da cidade de Ervália, o autor Marcos Leite (Marcos Eduar...