sábado, 21 de abril de 2012

Libertas Quæ Sera Tamen


Hoje, 21 de abril de 2012  é o 223º (ducentésimo, vigésimo terceiro) aniversário da Inconfidência Mineira (ou Conjuração Mineira) e o 52º (quinquagésimo segundo) aniversário da cidade de Brasília, capital do Brasil. 


A Inconfidência Mineira, ou Conjuração Mineira, foi uma tentativa de revolta de natureza separatista abortada pela Coroa em 1789, na então Capitania de Minas Geraes, no Brasil, contra, entre outros motivos, a execução da derrama e o domínio português. A exploração abusiva dos portugueses e sua tirania provocaram a revolta. Os insurgentes eram fortemente influenciados pelos ideais dos iluministas europeus e pela recente independência dos Estados Unidos, em 1776. 

Os inconfidentes eram republicanos, abolicionistas (nem todos), e desenvolvimentistas (queriam a industrialização do país). Entre os participantes do movimento se destacam José de Resende Costa (capitão), José de Resende Costa Filho, Cláudio Manuel da Costa e Tomás Antônio Gonzaga (poetas), Domingos de Abreu Vieira e Antônio Francisco de Oliveira Lopes (coronéis), José da Silva e Oliveira Rolim, Manuel Rodrigues da Costa e Carlos Correia de Toledo e Melo (padres), Luiz Vieira da Silva (cônego), Vaz de Toledo Pisa (sargento-mor), Inácio José de Alvarenga Peixoto (minerador) e o alferes Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Este foi preso, enforcado e depois de morto teve seu corpo esquartejado. Sua cabeça ficou exposta em um poste alto na cidade de Ouro Preto no local onde hoje se encontra um monumento em sua homenagem, na Praça Tiradentes. 


Dizem que uma das propostas dos inconfidentes era a construção de uma nova capital para o Brasil, em um ponto central do país. Esta ideia foi executada por um mineiro, que se tornou presidente do Brasil. Juscelino Kubitschek de Oliveira (JK). Brasília está completando 52 anos. 




O Brasil se tornou independente de Portugal em 1822 e desde essa época tem sofrido transformações radicais. De país agrícola, analfabeto e de regimes elitistas, corruptos e autoritários está se tornando uma potência econômica. Uma pena que todo esse desenvolvimento econômico esteja atrelado a ideias ultrapassadas como desigualdade social, violência, corrupção, poluição, etc. Hoje, aniversário da Inconfidência Mineira, em muitos lugares do Brasil está acontecendo a Marcha contra a Corrupção. Finalizando, gostaria de lembrar que só existem corruptos porque existem corruptores. Nós, brasileiros temos os sistemas político, jurídico, educacional, social, etc. que plantamos e colhemos a cada instante... Libertas quae sera tamen!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Dica de Leitura - Vamos filosofar

A FILOSOFIA NA DESCOBERTA DE UM MANUSCRITO - Marcos Leite Filho de mineiros, da cidade de Ervália, o autor Marcos Leite (Marcos Eduar...